Nossa história

Nossa história

Sempre admiramos os textos publicados em sites de clientes ou fornecedores, que contam toda a trajetória de sucesso de alguns empreendedores visionários, com todos os seus revezes até que um belo dia, depois de muita tormenta vem enfim a bonança. Mas sempre fica um sentimento de que faltou algo nessas histórias, mais básico e profundo. Refletindo e discutindo uns com os outros antes de escrever a famigerada sessão “nossa história”, concluímos que a peça do quebra-cabeça que costuma faltar nas histórias dos outros é justamente relacionada ao sonho, o ideal que originou a empresa.

Em algumas empresas, este sonho tem um caráter mais pessoal, como por exemplo, alguém que não se adapta como funcionário e busca a liberdade e independência que o empreendedorismo pode proporcionar... “ser dono do próprio nariz”, como dizem por aí.

Outras empresas nascem de uma ideia de produto ou serviço inovador, fruto de uma conversa de botequim, uma contemplação, a insatisfação enquanto consumidor e assim sucessivamente. Há também as empresas que surgem a partir de um ideal, uma contribuição que se quer dar à sociedade, à família ou a si. No nosso caso, a ProjetoPack tem um pouco de tudo isso. Nasceu de uma busca pela liberdade, quando num café da manhã para o trabalho, discutíamos as dificuldades no desenvolvimento de embalagens em função do gap existente entre agência, fabricante e usuário final.

Tem uma pitada de “ideia revolucionária”, em vista de que, nos meados dos anos 90, em meio a uma filosofia altamente tecnicista do mercado para investir nas máquinas e equipamentos, defendíamos a ideia de investir em pessoas e treinamento – o maior paradigma a ser superado não só na indústria gráfica e de embalagens, mas no Brasil de hoje.

Por fim, há o elemento “ideal de vida”, pois hoje, mais de 15 anos depois da criação da ProjetoPack, milhares de horas de consultoria e treinamento depois, centenas de artigos técnicos elaborados, nossa educação familiar foi e continua sendo o alicerce para acreditar, em meio a tantos “não”, que temos de insistir em mostrar que a cultura gráfica e a cultura geral, o investimento em conhecimento é a única e verdadeira chave para construirmos um negócio sustentável. É isso que a ProjetoPack vende, produz e entrega ao mercado desde o momento em que surgiu até o presente instante: informação e capacitação de pessoas (desde empresários até colaboradores) para utilizar esta informação com o máximo de proveito.

Depoimento